Notícias

Mês Vocacional - Mary Ward

Escrito por

 Mês Vocacional

Vocação. Do latim, vocare, que significa chamado. É por essa palavra que agosto é reconhecido no calendário da Igreja Católica desde 1981, quando a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o instituiu como o Mês Vocacional, um tempo dedicado totalmente às vocações.

Neste mês, celebramos especialmente a vocação de Mary Ward, grande fonte de inspiração para todos que buscam construir uma sociedade solidária pautada nos valores do Evangelho.

 

Quem é Mary Ward?

Mary Ward é a fundadora da Congregação de Jesus. Nasceu no dia 23 de janeiro de 1585 na região norte da Inglaterra. Sua infância e juventude foram plasmadas pela perseguição aos católicos em sua pátria. Para consagrar sua vida totalmente a Deus, decidiu abandonar sua família e sua pátria e ingressar no convento mais austero do continente. Porém Deus foi indicando-lhe outro caminho.

Junto com outras companheiras, iniciou, em 1609, uma nova forma de vida religiosa. Inspirou-se na espiritualidade Inaciana. O objetivo dessa nova comunidade era o de estar a serviço da fé, especialmente através da educação das meninas, mas também através do serviço pastoral e ajuda no campo social e caritativo.

Mary Ward desejava ajudar a mulher a valorizar sua dignidade, formá-la para que pudesse assumir a sua própria responsabilidade na sociedade e na Igreja. Ela estava convencida de que “também as mulheres poderiam fazer grandes coisas”.

Encontrou proteção, especialmente entre os príncipes católicos alemães. Eles reconheceram a necessidade da formação da mulher em seu tempo.

O plano de Mary Ward não correspondia ao que a Igreja pensava sobre a vida religiosa nas Ordens femininas. Encontrou obstáculos e dificuldades. Vinte anos depois daquele início, sua obra foi suprimida em muitas partes da Europa, onde havia prosperado.

Mary Ward, pondo sua confiança no Senhor, aceitou essa dor, assim como a pobreza e a enfermidade. Permaneceu serena, tranquila e firme em sua fidelidade à Igreja. Apesar de todas as contradições, foi uma semente de Deus, da qual fez renascer sua obra que continua até hoje dando frutos em todos os continentes.

“Pedi e vos será dado, procurai e achareis, batei na porta e ela se abrirá para vós” (Mt 7,7). “Por isso lhes digo: tudo o que pedirdes na oração, creiam que já o receberam” (Mc 11,24). “Se permanecerem em mim e minhas palavras permanecerem também vós, então pedi o que quiserdes e vos será concedido” (Jo 15,7).

Mary Ward pediu para ser ouvida em sua oração e depois disso permaneceu em paz.

Apresentemos nossas petições ao Senhor com toda confiança e deixemos-lhe a liberdade de escutar nossas preces se parecer a seus olhos que são para nosso bem.

As imagens que utilizaremos para ilustrar a novena de Mary Ward e algumas de suas mensagens, retratam passagens de sua vida. São apenas algumas das muitas obras que estão nas casas da Congregação de Jesus e do IBVM, atualmente mais de 40 países.

 

Mary Ward no mundo: https://www.mary-ward-net.com/uebersicht.html

 

Ler 170 vezes
Congregação de Jesus